terça-feira, 20 de julho de 2010

Crescer no Sacerdócio

Élder Joseph B. Wirthlin
Quórum dos Doze Apóstolos

A Expiação de Jesus Cristo deu ao Salvador o poder de ajudá-los a crescer até que se tornem o rapaz que Ele sabe que podem ser.

Élder Joseph B. Wirthlin. Sinto-me muito humilde por esta grande responsabilidade de dirigir-me a este grupo de irmãos portadores do sacerdócio de Deus. Oro sinceramente para que o Espírito do Senhor esteja conosco de modo que minhas palavras penetrem no fundo de seu coração.

Gosto muito de falar aos irmãos do sacerdócio, em especial aos jovens de nossa Igreja que possuem o Sacerdócio Aarônico. Acreditem ou não, não me parece fazer muito tempo desde que eu era um rapaz. Quando eu era diácono, começaram a surgir os primeiros sinais ameaçadores da Grande Depressão. Dezenas de milhares perderam o emprego. O dinheiro era pouco. As famílias passavam necessidades. Alguns rapazes não podiam perguntar à mãe: "O que vamos ter para o jantar?" porque sabiam muito bem que quase não havia comida em casa.

Meus pais eram muito trabalhadores. Eles faziam cada centavo valer o máximo possível. Esse provavelmente era o motivo por que tudo o que eu ganhava deles sempre era dois ou três números maior do que o meu.

Eu tinha 12 anos quando ganhei meus primeiros patins. Eles eram tão grandes que tive de enchê-los com algodão para poder usá-los.

Quando os tirei da caixa, eu disse: "Mãe, não vou conseguir patinar com eles".

"Fique grato pelo que tem, Joseph", disse ela. E depois, veio a frase que eu já me acostumara a ouvir: "Não se preocupe, você vai crescer e eles vão servir".

Um ano depois, o que eu mais queria ganhar eram ombreiras e um capacete de futebol americano. Na manhã de Natal, eu abri meus presentes e lá estavam eles: Um par de ombreiras e um capacete. Mas eram para alguém do tamanho de Golias, que por sinal, tinha 6 cúbitos, ou seja, quase três metros de altura.

"Mãe, são muito grandes", disse eu.

"Seja grato pelo que tem, Joseph", disse ela novamente. "Não se preocupe, você vai crescer e eles vão servir."

Antes de entrar para o curso secundário, eu jogava muito futebol americano no bairro. Quando vesti o novo uniforme, as ombreiras ficavam dependuradas de tal forma que praticamente a única coisa que protegiam eram meus cotovelos.

Mesmo enchendo o capacete de algodão e jornal, ele ainda ficava bambo e balançava a cada passo que eu dava. Quando eu corria, ele ia virando, virando, até que a única maneira de eu poder enxergar para onde estava indo era olhar através do buraco da orelha.

Certa vez, corri a toda velocidade com a bola para marcar um ponto e acabei dando de cara com uma árvore. Toda vez que eu era jogado ao solo, o capacete virava 180 graus, e eu levantava do chão como se minha cabeça tivesse virado junto com ele. Daí, eu tinha que recolocar o algodão e os jornais no lugar, da melhor forma que pudesse, pôr o capacete na cabeça e voltar correndo para junto dos outros.

Meu pai era um homem muito grande. Lembro-me de ter calçado um dia os seus sapatos. Fiquei impressionado com o tamanho deles. Perguntei a mim mesmo: Será que algum dia eu serei grande o suficiente para que esses sapatos me sirvam? Será que chegarei a ficar da altura do meu pai?

Relembro aqueles dias com carinho. Por estranho que pareça, também me lembro com carinho das palavras encorajadoras de minha mãe: "Não se preocupe, Joseph, você vai crescer e eles vão servir".

De modo semelhante, todos precisamos aprender como "crescer" e ficar à altura de nossas responsabilidades como portadores do sacerdócio.

AS GRANDES OPORTUNIDADES DA JUVENTUDE

Em primeiro lugar, quero dizer a vocês, rapazes, que o Senhor Se preocupa com vocês. Ele os ama. Ele os conhece. Ele conhece suas vitórias e derrotas, seus sucessos e suas tristezas.

Ele sabe que às vezes vocês talvez considerem os problemas que estejam enfrentando demasiadamente grandes para resolverem. Mas Ele está disposto e pronto a ajudá-los enquanto crescem e se tornam os homens que devem ser.

Talvez imaginem às vezes que os deveres que têm como portadores do Sacerdócio Aarônico sejam insignificantes, mas eu lhes asseguro que não são.

Tudo o que fazem no Sacerdócio Aarônico tem um propósito espiritual e é importante para o Senhor. Sempre que exercem o sacerdócio, estão a serviço do Senhor, fazendo o que Ele faria se estivesse aqui. Vocês estão atuando como Seus servos, tendo a autoridade para agir em nome Dele.

Lembro-me quando meu pai, que também era o bispo, colocou as mãos em minha cabeça para conferir-me o Sacerdócio Aarônico. Senti algo especial naquele dia. Nas semanas que se seguiram, aquele sentimento voltou quando distribuí os emblemas do sacramento para os membros de nossa ala, que eram pessoas que eu respeitava. Veio-me à mente a lembrança de que eu estava fazendo exatamente a mesma coisa que o Salvador tinha feito na Última Ceia.

Quero compartilhar com vocês cinco princípios que, se forem colocados em prática e incorporados à sua vida enquanto jovens, irão garantir felicidade e paz em toda a sua vida, sejam quais forem as provações e tentações que tiverem de enfrentar. Esses princípios foram revelados pelo Senhor como conselhos, a todos nós que estamos nos esforçando para crescer e para tornarmo-nos o tipo de homens que Ele gostaria que fôssemos.

CINCO PRINCÍPIOS PARA OS PORTADORES DO SACERDÓCIO AARÔNICO

Primeiro: Coloque o Pai Celestial em primeiro lugar na sua vida. Lembro-me das palavras de Alma a seu filho Helamã: "Oh! lembra-te, meu filho, e aprende sabedoria em tua mocidade; sim, aprende em tua mocidade a guardar os mandamentos de Deus!"1 O Salvador lembrou-nos dessa prioridade quando ensinou o primeiro e maior de todos os mandamentos: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento".2

É essencial que saibamos e compreendamos que nosso Pai Celestial nos ama como filhos Seus, porque Ele é o Pai de nosso espírito. Isso torna-nos literalmente Seus filhos, gerados espiritualmente Dele.

Como tal, herdamos o potencial de tornar-nos semelhantes a Ele. Seu maior desejo é que cresçamos na vida, linha sobre linha, e nos tornemos mais semelhantes a Ele, até que um dia possamos voltar à Sua presença. Lembrem que a obra e glória de Deus é levar a efeito a nossa imortalidade e vida eterna.3

O amor que Deus tem por nós e por toda a humanidade é completo e ilimitado.4 Ele é perfeitamente justo5, mas também é perfeitamente misericordioso.6 Ele é perfeitamente bondoso7 e compreende perfeitamente nossa situação e condições. Ele conhece-nos melhor do que nós mesmos.

Por Ele ser perfeito, podemos ter plena fé em Deus. Podemos confiar Nele. Podemos guardar Seus mandamentos, se nos esforçarmos para isso.

"Você quer dizer todos os mandamentos de Deus?" vocês poderiam perguntar. Sim! Todos eles!

Joseph Smith disse: "[Deus] jamais instituiu ou jamais instituirá uma ordenança ou dará mandamento algum a Seu povo, que em sua natureza não tenha por objetivo promover essa felicidade que Ele designou, que não resulte em maior bem e glória para aqueles que recebem Sua lei e ordenanças".8

Os mandamentos de Deus não são dados para nos limitar ou punir. São exercícios que edificam o caráter e santificam a alma. Se os desprezarmos, ficaremos espiritualmente moles, fracos e sem defesa. Se os guardarmos, iremos tornar-nos gigantes espirituais, fortes e destemidos na retidão.

Vocês reservam um tempo todos os dias para analisar com o Pai Celestial as coisas que fizeram durante o dia? Expressam a Ele o desejo de seu coração e sua gratidão pelas bênçãos que Ele lhes concede?

A obediência diária aos mandamentos de Deus é indispensável, nos protege na mortalidade e nos prepara para a incomensurável aventura que nos espera do outro lado do véu.

Segundo: acheguem-se a Cristo e sigam-No como seu Salvador e Redentor. Podemos achegar-nos a Cristo aprendendo a amá-Lo e estudando as escrituras diligentemente. Como podemos demonstrar nosso amor pelo Salvador? Ele deu-nos a resposta: "Se me amais, guardai os meus mandamentos".9

Todos vocês podem ler um pouco das escrituras todos os dias. Vocês devem passar algum tempo ponderando e estudando as escrituras. É melhor ler e ponderar um versículo que seja do que nenhum. Desafio cada rapaz a ler um pouco das escrituras todos os dias pelo restante de sua vida. Poucas coisas que venham a fazer irá lhes proporcionar mais bênçãos do que isso.

Aprendam a respeito de Seu Salvador. No Jardim do Getsêmani, Jesus Cristo sofreu mais do que podemos compreender. Voluntariamente e com grande amor, Ele tomou sobre Si não apenas os nossos pecados, mas também as dores, enfermidades e sofrimentos de toda a humanidade.10 Ele sofreu de modo semelhante na cruz, onde deu a vida para pagar o preço de nossos pecados, se nos arrependermos. E então, em Sua vitória final, Ele ressuscitou e rompeu as cadeias da morte, proporcionando a Ressurreição a todos.

A Expiação de Jesus Cristo deu ao Salvador o poder de ajudá-los a crescer até que se tornem o rapaz que Ele sabe que podem ser. É por meio do arrependimento que a Expiação tem efeito em sua vida.

Quanto mais compreenderem a Expiação e o que ela significa, é menos provável que caiam vítimas das tentações do adversário. Nenhuma outra doutrina terá maiores resultados em melhorar o comportamento e fortalecer o caráter do que a doutrina da Expiação de Jesus Cristo. Ela é o ponto central do plano de Deus e a coisa mais importante do evangelho restaurado.

Presto meu sincero testemunho como testemunha especial de que sei que Jesus é o Cristo, o Unigênito do Pai, o Criador do céu e da Terra, e nosso Senhor e Salvador.

Terceiro: Sejam dignos da companhia do Espírito Santo. O dom do Espírito Santo é um dos dons mais preciosos que podemos receber na mortalidade. O Espírito Santo pode tornar-Se a luz que orienta nossa vida. O Espírito Santo "vos mostrará todas as coisas que deveis fazer".11 O Espírito Santo pode ajudá-los em tudo o que fizerem, inclusive na escola e quando estiverem com seus amigos.

No entanto, a principal missão do Espírito Santo é prestar testemunho de nosso Pai Celestial e Seu Amado Filho, Jesus Cristo. Se forem cuidadosos no cumprimento do mandamento, o Espírito Santo irá ajudá-los a aprender mais a respeito do Pai Celestial e Jesus Cristo. Ele irá iluminar sua mente quando ponderarem e estudarem as escrituras a cada dia.

Os sussurros do Espírito Santo podem chegar até vocês como aquela voz mansa e delicada. Vocês não poderão crescer e tornar-se o homem que devem ser a menos que antes se elevem acima do mundo que clama por sua atenção. Por exemplo: Algumas das músicas do mundo são degradantes, vulgares e inadequadas e irão impossibilitá-los de ouvir os sussurros do Espírito Santo. Introduzir em seu corpo substâncias que foram proibidas pelo Senhor na Palavra de Sabedoria irá impedi-los de sentir e reconhecer os sussurros do Espírito Santo.

Deixar de viver uma vida limpa e casta é algo que abafa os sussurros do Espírito. Elevem seus pensamentos acima daquilo que é vulgar e imoral. Não assistam a programas de televisão e filmes questionáveis, não entrem em sites da Internet pecaminosos e, afastem-se de toda forma de entretenimento que mostre ou incentive a imoralidade e a violência. Fujam da pornografia como se fosse uma doença mortal e contagiosa. Vocês não podem permitir que se tornem escravos e cativos desse vício. Isso irá afastar o Espírito Santo e Sua influência de sua vida.

Quarto: Amem e respeitem Joseph Smith como o grande profeta da Restauração. Desde a minha juventude, sempre fiquei impressionado com o fato de nosso Pai Celestial e Seu Amado Filho, Jesus Cristo, terem respondido à oração sincera de um menino de quatorze anos que estava em busca da verdade. Assim como respondeu à oração de Joseph Smith, nosso Pai Celestial irá responder a suas orações, em Seu próprio tempo e à Sua própria maneira.

Ao aprenderem mais a respeito do Profeta Joseph, vocês ficarão sabendo que por meio dele a plenitude do evangelho eterno foi restaurada, inclusive as chaves do sacerdócio. Além disso, aprenderão a respeito da grandiosidade de seu espírito, da compaixão que sentia pelos que sofriam, sua compreensão dos mistérios do céu e os procedimentos de nosso Pai Celestial e Seu Filho Jesus Cristo para com os homens.

Quanto mais aprendo a respeito do Profeta Joseph, mais o amo, mais desejo seguir seu exemplo, mais dou valor ao que nosso Pai Celestial e Seu Filho fizeram para restaurar este evangelho que irá encher a Terra nestes últimos dias.

Quinto: Amem e sigam o profeta vivo de Deus e sejam leais a ele. O Presidente Gordon B. Hinckley é o sucessor e o portador das chaves do sacerdócio que foram restauradas ao Profeta Joseph Smith. Na mortalidade, apenas um homem por vez possui e exerce todas as chaves do sacerdócio. Atualmente, esse homem é o Presidente Gordon B. Hinckley.

Sigam os ensinamentos de nosso profeta atual. Ele é inspirado pelo Senhor a ensinar-nos as coisas de que necessitamos para viver uma vida feliz e digna.

AMOR PELOS RAPAZES DO SACERDÓCIO AARÔNICO

Meus maravilhosos jovens irmãos no evangelho, tenho muito amor e respeito por vocês! Já lhes foi dito antes e repito: Vocês são uma geração escolhida. Foram levantados pelo Senhor para levar Sua Igreja e reino adiante no século vinte e um. Foram escolhidos pelo Senhor para nascer na Terra numa época em que a iniqüidade e o mal imperam. Mas vocês estão à altura do desafio.

O Presidente Gordon B. Hinckley disse: "Tenho todo motivo para considerá-los a maior geração que já tivemos nesta Igreja, não obstante todas as tentações que enfrentam".12

Isso não significa que não terão tristezas, obstáculos e provações na vida. Desde a época em que eu enchi meus patins de algodão e vesti ombreiras e um capacete grandes demais, minha vida foi repleta de experiências e dificuldades que me pareceram demasiadamente grandes para mim. Mesmo hoje, não posso deixar de sentir ocasionalmente que o tamanho do manto que me foi pedido que vestisse talvez seja grande demais para mim.

Mas todos os dias, procuro colocar o Pai Celestial em primeiro lugar em minha vida. Procuro achegar-me a Cristo e segui-Lo como meu Salvador e Redentor. Procuro ser digno da companhia do Espírito Santo. Procuro amar e respeitar o Profeta Joseph. E procuro seguir o profeta atual de Deus. Ao fazer essas coisas, sinto-me confiante de que o Senhor irá me abençoar.

Mesmo após todos esses anos, ainda posso ouvir a voz de minha mãe, dizendo: "Seja grato pelo que tem, Joseph. Não se preocupe, você vai crescer e ficar à altura do seu chamado".

Oro para que todos possamos crescer no sacerdócio e nos tornar o tipo de homens que nosso Pai Celestial deseja que sejamos. É minha oração, em nome de Jesus Cristo. Amém.

NOTAS

1. Alma 37:35.
2. Mateus 22:37.
3. Moisés 1:39.
4. João 3:16.
5. 2 Néfi 9:17; Mosias 29:12.
6. Deuteronômio 4:31; Alma 42:15.
7. Isaías 54:8; 3 Néfi 22:8.
8. Ver Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, p. 250.
9. João 14:15.
10. Alma 7:11­12.
11. 2 Néfi 32:5.
12. "'You Live in Greatest Age of World', Pres. Hinckley Tells Spokane Youth", Church News, 4 de setembro de 1999, p.3.

Nenhum comentário:

Postar um comentário