sábado, 10 de julho de 2010

Viver de Modo a Serem Dignos da Moça com quem Se Casarão

Por Presidente Gordon B. Hinckley

Tornem-se dignos da melhor moça do mundo. Mantenham-se dignos durante todos os dias de sua vida


Há uma semana o Presidente Faust e a presidência geral das Moças falaram às moças da Igreja neste Tabernáculo.

Contemplando esse grupo de belas moças uma pergunta passou por minha mente: "Estamos criando uma geração de rapazes dignos delas?"

Essas moças são tão vivazes e vibrantes! São lindas, são brilhantes, são capazes, são fiéis, são virtuosas, são verdadeiras. São moças simplesmente maravilhosas e encantadoras.

Desse modo, esta noite, nesta grande reunião do sacerdócio, quero falar a vocês, rapazes, seus pares. O título de meu discurso é: "Viver de Modo a Serem Dignos da Moça com Quem Se Casarão".

A moça com quem vocês se casarão estará arriscando muito ao se casar com você. Ela dará tudo de si para o rapaz com quem se casar. Em grande parte, ele determinará o restante da vida dela. Ela abrirá mão até do nome em favor do nome dele.

Como declarou Adão no Jardim do Éden: "Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne ( . . . ) Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. (Gênesis 2:23­24)

Sendo membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sendo rapazes que portam o sacerdócio de Deus, vocês têm uma obrigação imensa para com a moça com quem se casarem. Talvez não estejam muito preocupados com isso agora, mas muito em breve estarão, e agora é o momento de prepararem-se para o dia mais importante de sua vida em que tomarão para si uma esposa e companheira considerada sua igual perante o Senhor.

A primeira obrigação é a da lealdade absoluta. Como diz a antiga cerimônia da Igreja Anglicana, você estará casado com ela "na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença, na alegria e na tristeza". Ela será sua e de mais ninguém, a despeito das condições em que vivam. Você será dela e de mais ninguém. Não devem ter olhos para nenhuma outra. Tem de haver lealdade absoluta, lealdade imutável um para com o outro. Espera-se que você se case com ela para a eternidade, na casa do Senhor, por meio da autoridade do sacerdócio eterno. Durante todos os dias de sua vida, sua fidelidade um ao outro deve ser tão constante quanto a estrela polar.

A moça com quem se casarão tem o direito de esperar que cheguem ao altar do casamento completamente puros. Tem o direito de esperar que sejam rapazes virtuosos em pensamentos, palavras e ações.

Esta noite, imploro a vocês, rapazes, que se mantenham livres das manchas do mundo. Não se permitam participar de conversas levianas na escolha. Não contem piadas sujas. Não fiquem perdendo tempo na Internet procurando pornografia. Não liguem para serviços telefônicos para ouvir coisas imundas. Não aluguem vídeos que contenham qualquer tipo de pornografia. Essas coisas sexualmente excitantes não são para vocês. Evitem a pornografia como se fosse uma doença grave. Ela é igualmente destrutiva. Torna-se um vício e os que se permitem envolver-se com ela não conseguem abandoná-la. Pornografia vicia.

Para quem a produz, é um negócio bilionário. Eles, melhor que ninguém, fazem com que ela pareça divertida e atraente. Ela destrói suas vítimas. Está em todos os lugares, está à nossa volta. Rogo a vocês, rapazes, que não se envolvam com ela. Vocês não se podem dar a esse capricho.

A moça com quem se casarão merece um marido cuja vida não tenha sido manchada por esse material pernicioso e corrosivo.

Encarem a Palavra de Sabedoria como sendo mais do que algo trivial. Eu a considero o mais importante texto que conheço a respeito de saúde. Foi dado ao Profeta Joseph Smith em 1833, quando sabia-se relativamente pouco a respeito de hábitos alimentares. Agora, quanto mais se fazem pesquisas científicas, mais incontestáveis os princípios da Palavra de Sabedoria provam ser. As provas contra o fumo são esmagadoras e mesmo assim vemos o número de rapazes e moças que fumam aumentar tremendamente. As provas contra o álcool são igualmente incontestáveis.

Para mim, é uma ironia que postos de gasolina vendam cerveja. A cerveja pode embebedar tanto quanto outras bebidas, tornando os motoristas igualmente perigosos. É meramente uma questão do quanto se bebe. É totalmente incoerente que um posto de gasolina, onde abastecemos o carro para dirigir, também venda a cerveja que nos pode levar a dirigir alcoolizados e transformar em uma ameaça na estrada.

Evitem isso. Não lhes fará nenhum bem e pode causar-lhes danos irreparáveis. Imaginem se bebessem, dirigissem e causassem a morte de alguém. Seria algo que não superariam enquanto vivessem. Seria algo que os assombraria noite e dia. O mais sensato a fazer é não beber.

Evitem, também, o uso de drogas. Podem destruí-los completamente. Tiram-lhes a capacidade de raciocinar. Elas irão escravizá-los de um modo perverso e terrível. Destruirão sua mente e corpo, farão com que tenham desejos tão intensos que serão capazes de tudo para satisfazê-los.

Será que alguma moça em sã consciência desejaria se casar com um rapaz viciado em drogas, escravizado pelo álcool ou viciado em pornografia?

Evitem dizer palavrões. Na escola, eles cercam vocês. Os jovens parecem orgulhar-se de utilizar palavras sujas e obscenas, bem como de dizer palavrões e tomar o nome do Senhor em vão. Isso torna-se um hábito que, se permitido durante a juventude, não os deixará durante o resto da vida. Quem gostaria de se casar com um homem cuja linguagem está cheia de sujeira e palavrões?

Há outra coisa grave em que muitos rapazes podem se viciar: a raiva. Diante da menor provocação explodem em acessos de raiva incontrolável. É triste ver alguém tão fraco. Entretanto, ainda pior é que eles sejam tão propensos a perder todo o bom senso e fazer coisas de que depois se arrependerão.

Ultimamente, ouvimos falar muito da raiva descontrolada no trânsito. Os motoristas se exaltam por pouca coisa. Ficam tão raivosos que chegam a matar. Isso resulta em uma vida de remorso.

Como disse o escritor dos Provérbios: "Melhor é o que tarda a irar-se do que o poderoso, e o que controla o seu ânimo do que aquele que toma uma cidade". (Provérbios 16:32)

Se vocês são geniosos, agora é a hora de aprenderem a controlarem-se. Quanto mais cedo aprenderem a fazê-lo, mais fácil será para vocês. Que nenhum membro da Igreja se descontrole de modo tão maléfico e inútil. Que tenham palavras de paz e serenidade no casamento.

Sempre lido com casos de membros da Igreja que se casaram no templo e depois se divorciam e solicitam o cancelamento do selamento no templo. No início do casamento, estão cheios de esperanças e vivem em felicidade. Contudo, as flores do amor murcham em um ambiente de críticas e reclamações contínuas, de palavras grosseiras e acessos de raiva. O amor escapa pela janela quando a contenda entra em cena. Repito, meus irmãos, se qualquer de vocês, rapazes, tem problemas para controlar o gênio, rogo-lhes que comecem agora a se emendar. Senão, causarão apenas lágrimas e tristeza à família que formarão um dia. No Livro de Mórmon, Jacó reprova seu povo pela iniqüidade no casamento. Ele diz: "Eis que haveis praticado maiores iniqüidades que os lamanitas, nossos irmãos. Haveis quebrantado o coração de vossas ternas esposas e perdido a confiança de vossos filhos, por causa de vossos maus exemplos diante deles; e os soluços do coração deles sobem a Deus contra vós. E por causa da severidade da palavra de Deus, que desce contra vós, muitos corações pereceram, traspassados por profundas feridas". (Jacó 2:35)

Empenhem-se nos estudos. Estudem o máximo que puderem. O mundo irá pagar-lhes o quanto achar que merecem. Paulo não usou de eufemismos quando escreveu a Timóteo: "Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel". (I Timóteo 5:8)

Sua obrigação primordial é sustentar sua família.

Será bom para sua mulher não ter de competir no mercado de trabalho. Será muito mais abençoada se puder ficar em casa enquanto vocês se tornam o provedor da família.

Os estudos são essenciais para as boas oportunidades financeiras. O Senhor deu-nos o mandamento de que, como povo, procurássemos conhecimento "pelo estudo e também pela fé". (D&C 109:14) Com certeza, vocês serão melhores provedores se estiverem treinados física e mentalmente para fazer algo de útil na sociedade à qual pertencerão.

Sejam moderados em seus desejos. Vocês não precisam de uma casa grande e de uma prestação cara no início de sua vida juntos. Podem e devem evitar grandes dívidas. Não há nada que gere maior tensão no casamento que a opressão de uma dívida que os torne escravos dos credores. Talvez, precisem fazer um empréstimo para começarem a comprar uma casa. Entretanto, não escolham uma casa cuja prestação seja tão cara que os preocupe noite e dia.

Quando me casei, meu pai, em sua sabedoria, disse: "Compre uma casa modesta e pague-a logo, para que se houverem crises econômicas sua mulher e filhos tenham um teto para abrigá-los".

A moça que se casar com você não há de querer um sovina para marido. Também não há de querer um esbanjador. Ela tem o direito de estar a par de tudo nas finanças da família. Ela será sua parceira. A menos que, nesse assunto, o entendimento entre você e sua mulher seja total, provavelmente haverá mal-entendidos e suspeitas que criarão problemas que podem levar a problemas ainda maiores.

Ela há de querer casar-se com alguém que a ame, que confie nela, esteja a seu lado, que seja o seu melhor amigo e companheiro. Há de querer casar-se com alguém que incentive sua participação na Igreja e nas atividades comunitárias que a ajudem a desenvolver os talentos e a melhor contribuir para a sociedade. Há de querer casar-se com alguém, que tenha o espírito de serviço ao próximo, que esteja disposto a colaborar com a Igreja e com outras boas causas. Há de querer casar-se com alguém que ame o Senhor e se empenhe em fazer Sua vontade. Portanto, é bom que cada um de vocês, rapazes, façam planos de servir missão, de, sem egoísmo, dar ao Pai Celestial o dízimo de sua vida, sair com espírito de total abnegação para pregar o evangelho da paz ao mundo, não importando o local para onde sejam chamados. Se forem bons missionários, voltarão para casa com o desejo de continuarem a servir ao Senhor, guardar os Seus mandamentos e fazer a Sua vontade. Esse comportamento contribuirá imensamente para a felicidade de seu casamento.

Como eu disse, vocês terão o desejo de casarem-se em um lugar, e em nenhum outro: na Casa do Senhor. Não há maior presente que possam dar à sua companheira do que o casamento na casa santa do Senhor, sob a influência protetora do convênio de selamento do casamento eterno. Não há substituto adequado para isso. Para vocês, não deveria haver outro caminho.

Escolham com cuidado e sabedoria. A moça com que se casarão será sua para sempre. Vocês a amarão e ela os amará apesar dos altos e baixos, alegrias e problemas. Ela se tornará a mãe de seus filhos. O que pode haver de mais importante no mundo que se tornar o pai de um filho precioso de Deus, nosso Pai Celestial sobre quem nos são concedidos os direitos e responsabilidades da mordomia terrena?

Como um bebê é precioso! Que maravilha é uma criança! Que maravilha é a família! Vivam de modo a serem dignos de tornarem-se pais que inspirem orgulho à mulher e aos filhos.

O Senhor ordenou que nos casássemos, que vivêssemos juntos em amor, paz e harmonia, que tivéssemos filhos e os criássemos em Seus santos caminhos.

Sendo assim, caros rapazes, pode ser que não pensem seriamente no assunto agora, mas chegará a hora em que se apaixonarão. Isso tomará conta de seu pensamento e de seus sonhos. Tornem-se dignos da melhor moça do mundo. Mantenham-se dignos durante todos os dias de sua vida. Sejam bons, fiéis e gentis um com o outro. Há muita amargura no mundo. Tanto sofrimento e tristeza são causados por palavras iradas! Tantas lágrimas são causadas pela infidelidade! Contudo, pode haver tanta felicidade, se houver empenho em agradarmos e um desejo ardente de fazermos nossa companheira sentir-se bem e feliz.

Afinal, é disso que trata o evangelho. A família é uma criação de Deus. É a criação fundamental. A solução para fortalecer a nação é fortalecer as famílias.

Estou certo de que se buscássemos as virtudes uns dos outros, e não as faltas, haveria muito mais felicidade nas famílias de nosso povo. Haveria um número bem menor de divórcios e de infidelidade, muito menos raiva, rancor e brigas. Haveria mais perdão, mais amor, paz e felicidade. É assim que o Senhor quer que seja.

Rapazes, este é o momento de prepararem-se para o futuro. Nesse futuro, para a maioria de vocês há uma bela moça cujo maior anseio é unir-se a vocês em um relacionamento eterno.

Para vocês, não haverá felicidade maior do que a que têm em casa. Não haverá dever mais importante do que os que têm em casa. O sinal mais genuíno de seu sucesso na vida será a qualidade de seu casamento.

Que Deus os abençoe, queridos rapazes. Não há nada mais maravilhoso que eu possa desejar-lhes do que o amor, o amor absoluto e total, de uma companheira de quem sejam dignos em todos os aspectos e que se orgulhe de você. Esta decisão será a mais importante de sua vida. Oro para que suas escolhas sejam aprovadas nos céus e que sejam guiados, que vivam sem remorso. Em nome de Jesus Cristo. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário